Bornancini

Data

03/12/2014

Em novembro ocorreu a 5ª edição do Prêmio Bornancini, que nos rendeu 3º lugar na categoria profissional “Sistema de Sinalização” com o projeto Sistema de Wayfinding do Centro Cultural Univates. Essa conquista é motivo de orgulho para nós, pois é um importante reconhecimento de toda a dedicação com a qual fazemos o nosso trabalho.

Aproveitando a menção, fazemos questão de falar como é significativo para nós, projetistas, o trabalho de quem deu nome ao evento: José Carlos Bornancini. Em uma época em que pouco ou nada se falava sobre design, esse ícone do design gaúcho, junto com seu sócio Nelson Ivan Petzold, impulsionava a economia local com uma infinidade de projetos para a indústria brasileira.

Mais do que inúmeros sucessos de venda, os projetos de Bornancini significaram avanços notáveis em pesquisa e desenvolvimento, estratégia e, acima de tudo, consideração com os usuários. Sempre atento ao que se estudava em design internacionalmente, Bornancini tinha na pesquisa a sua força. As grandes soluções de seus projetos surgiam da identificação de necessidades não atendidas pelos produtos do mercado nacional em termos de usabilidade e ergonomia aliada à exploração das técnicas industriais disponíveis.

Com essa postura, projetos como a Tesoura Softy (Mundial), a garrafa térmica Magic Pump (Termolar) e os talheres Comer Brincando (Hercules) caíram nas graças do público. Ainda vemos, nas prateleiras das lojas, muitos desses produtos, que ao longo dos anos, estabeleceram um vínculo emocional com a população. Convidamos você a conhecer mais do portfolio da dupla Bornancini e Petzold. Você certamente recordará alguma história onde figurava (ou protagonizava) algum desses produtos.

BÉLGICA