Um studio belgo-brasileiro especialista em estratégias e em soluções de Wayfinding Design

A BORBOLETA-MONARCA É MAIS TRANQUILA PORQUE SABE QUAL O CAMINHO CERTO A SEGUIR

Somos um studio com 20 anos de atuação no mercado. Nosso ciclo iniciou-se com trabalhos em diversas áreas da arquitetura e do design. Pouco a pouco, chegamos ao que hoje é nossa reconhecida especialização: o Wayfinding Design. Amamos a idéia de ajudar na experiência e na relação das pessoas com os ambientes; de tornar a informação mais humana, mais viva.

Você deve ter percebido que gostamos de borboletas. Mais especificamente da espécie monarca. Ela é distinta não só por seu belo padrão de cores, mas também por seu misterioso senso de orientação. Milhares delas migram no inverno para um destino específico sem nunca ter feito o percurso antes. Isso é o que buscamos com nossos projetos: permitir que as pessoas entendam e utilizem ambientes sem precisar conhecê-los.

POR QUÊ confiamos no Wayfinding Design para
colaborar com qualquer ambiente?

QUEM somos nós e o que nos qualifica para
este trabalho?

COMO pensamos e agimos para o resultado ser
adequado e harmônico?

POR QUÊ confiamos no Wayfinding Design para colaborar com qualquer ambiente?


A informação desorganizada ou excessiva pode deixar um ambiente caótico e complexo. Considerando o ritmo acelerado do dia a dia, isso pode significar um grande problema.

Compreender os ambientes e planejar a informação requer empatia com os usuários. Esse processo é conhecido como Wayfinding Design.

Seu resultado é um ambiente com informação organizada e percursos descomplicados. Acreditamos que esse esforço pode contribuir para a vida das pessoas.

WAYFINDING DESIGN

O termo Wayfinding foi utilizado pela primeira vez – no âmbito da arquitetura – na obra A Imagem da Cidade (1960), do urbanista Kevin Lynch. Desde então, diversos autores e projetistas aprofundaram o assunto e concretizaram a disciplina conhecida como Wayfinding Design.
Podemos defini-la como a solução de um problema espacial. Essa solução é bem-sucedida quando você sabe sua localização exata em um ambiente e como chegar ao local desejado a partir de onde se encontra.

QUEM somos nós e o que nos qualifica para este trabalho?


O /STUDIOMDA é um studio belgo-brasileiro especializado em Wayfinding Design, trabalhando para clientes na Europa e América do Sul. Criamos soluções para contribuir com as pessoas em sua interação nos ambientes.

Temos trabalhado com sucesso no mercado brasileiro por mais de 20 anos e em Janeiro de 2016 abrimos também um escritório na Bélgica para desenvolver projetos na Europa.

Acumulamos experiência em cada metro dos ambientes aos quais nos dedicamos, colaborando na construção de muitas histórias bonitas que hoje seguem fortes.

AS PESSOAS DO /STUDIOMDA

Nossa equipe é formada por várias espécies, que se encontram em diferentes ciclos de desenvolvimento e apresentam características distintas. Apesar dessas diferenças, convivemos em um habitat que nos motiva a buscar sempre o mesmo objetivo.

LUCIANA MATTIELLO

Diretora Executiva

Líder da colônia. Adora boas ideias, conceitos inusitados e garrafinhas da Coca-Cola. Cuida da casa, das filhas, da empresa e é especialista em fazer brigadeiros deliciosos. Quando pode, gosta de bater as asas por diferentes cantos do mundo (para aumentar a coleção de garrafinhas de Coca-Cola).

Formação

- Graduação em Arquitetura e Urbanismo - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS, Brasil;
- Especialização em Design Gráfico - Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), São Leopoldo, RS, Brasil;
- Especialização em Design Estratégico - Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Porto Alegre, RS, Brasil;

GUSTAVO BASSANI

Gerente de processos

Espécie representante das gerações antigas do studio. Gosta de participar de todos os ciclos em que consegue se envolver, desde a captação de clientes até acompanhamento de instalação em obra. É pai de gêmeos e amante de clássicos, como carros antigos (Dodge) e piadas velhas.

Formação

- Graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS, Brazil;

MANOELA MEDEIROS

Diretora Administrativa

Teve por muitos anos os Estados Unidos como habitat natural. Mantém em ordem as finanças, os contratos e a gestão de outros milhares de assuntos de atenção diária. Chocólatra devota e mãe cool de dois fofos, não admite um ambiente quieto por muito tempo (“Solta o som, DJ”).

Formação

- Graduação (cursando) em Comércio Internacional pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS, Brasil;

JOANA BUGLIONE

Designer

Após a realização de projetos para a indústria, descobriu no Wayfinding Design o interesse pela informação visual e sua influência na vida das pessoas. É cat lover assumida, adepta da lagarteada ao sol e da soneca após o almoço.

Formação

- Graduação em Design de Produto pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS, Brasil;

SARA RÖPKE

Designer

Desertora da arquitetura e imigrante do Design, mantém as duas paixões vivas trabalhando com Wayfinding Design. É nossa colega multifuncional e multimeiga que adora design minimalista. Faz parte do time dos dog lovers e é fã de chantilly e de reality shows culinários.

Formação

- Graduação em Design Visual pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS, Brasil;

Você

COMO pensamos e agimos para o resultado ser adequado e harmônico?


Quando iniciamos um projeto de Wayfinding, consideramos não só as características do local (arquitetura, identidade de marca, fluxos), como também as do público que o utiliza.

A partir dessa primeira análise, realizamos estudos conceituais e definimos a alternativa mais funcional, segura, personalizada e adequada para o ambiente.

A finalização do processo consiste em entregar o plano de execução detalhado e acompanhar toda a implementação do sistema para garantir o melhor resultado.

ATÉ O FINAL

Adoramos que nosso trabalho nos apresente uma variedade muito interessante de clientes e de ambientes. Mas nossa satisfação só é completa quando conseguimos ir até o final com o projeto, acompanhando a implementação total do sistema e garantindo os mínimos detalhes de confecção e de instalação. Nossa experiência nos mostrou que decisões importantíssimas são feitas nesse momento, e consideramos essencial a presença dos projetistas.

BÉLGICA